sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Quando a notícia se torna fofoca.

Um jogador famoso, uma Maria chuteira, um crime bárbaro, e o clube mais famoso do país, em meio à uma Copa do Mundo MUITO sem graça... Resultado: um prato cheio pra uma notícia virar uma fofoca!!!


A história, detalhes, e qualquer coisa relativa ao caso Bruno eu não preciso falar pois qualquer pessoa que more no Brasil sabe de cor tudo que aconteceu, e provavelmente também não agüenta mais ouvir falar no Bruno, na Eliza, no Macarrão, no moleque dedo duro, no sítio, no dono do sítio, no cachorro que come gente, etc etc etc etc etc... E também não estou aqui dando pitaco no resultado da história, o caso está sendo julgado e cabe a justiça decidir a respeito.

O que me incomoda BASTANTE é como os jornais conseguem transformar e nos encher com o que seria uma notícia e transformá-la em uma fofoca!
É óbvio que o caso Bruno apareceu como um grande negócio para os jornais e revistas, e que depois de Adriano e Wagner Love protagonizarem um sucesso majestoso de vendagens para os veículos de comunicação em geral, o caso bruno veio apenas como a continuação, só que desta vez com pitadas de polêmicas e dramatizações muito mais apetitosas para os bolsos jornalísticos!!!
E tudo veio a tona em meio a uma Copa do Mundo bem sem graça, e com um candidato fortíssimo para assumir o lugar do incontestável (até então) goleiro Júlio César.

Eu sei que no início era tudo bem jornalístico mesmo, e as notícias iam e vinham de modo a nos informar sobre esse crime bárbaro e despertar o lado justiceiro das pessoas, sempre polemizando e vendendo mais, mais, mais, mais e mais um pouquinho!

Após uns vinte dias de informações “Brunísticas” maçantes em todos os veículos, o caso Bruno já começava a me encher, e o que ainda resistia como uma notícia, começava a se transformar em uma fofoca. Uns dois dias depois foi o suficiente e PRONTO, o caso Bruno virava a maior fonte de criatividade para humoristas e as piadas relacionadas ao goleiro Rubro-negro ganhavam todo Brasil!
O bom humor e o deboche viravam protagonistas e novos personagens iam aparecendo na trama, enquanto o ídolo Brasileiro-Japonês Zico botava a cara e a boca no trombone falando besteirinhas legais como: “Seria melhor não ter ganho o título e continuar com uma boa imagem, do que ter sido campeão e agora virar chacota por todo país” (como se o fato do Flamengo ser ou não campeão livraria o Adriano de sair da Vila Cruzeiro, do Wagner Love curtir bailes com seus amigos traficantes e do Bruno não ter boas amizades, não ser um boçal idiota e não pegar Marias chuteiras).

- Notícia é a expressão de um fato novo, que desperta o interesse do público a que o jornal se destina.

- A fofoca consiste no ato de fazer afirmações não baseadas em fatos concretos, especulando em relação à vida alheia.

Pois bem, começaram a noticiar TUDO, desde a ida do goleiro pra Minas, até as outras mulheres que ele pegava, mulheres essas que começaram a surgir como as nuvens no início de uma frente fria, tantas mulheres que se fosse mesmo uma frente fria, teríamos que ter novas Arcas, e Noé teria que reaparecer pra nos salvar!

Na cadeia o agora célebre Bruno era capa da Veja, da Época, dos jornais meia hora, do Globo, da Folha, do Estadão, do Correio Brasiliense, O estado de Minas e até parte de colunas em vários jornais gringos, inclusive o “Olé”, no qual foi página dupla! E qualquer coisa que fizesse era pauta pra assunto, quer dizer, era pauta pra boas vendas!

Aí semana passada passo por uma banca no Centro da cidade e vejo as pessoas aglomeradas lendo a capa dos jornais, como de costume eu me aproximei para vê-las também e lá estava o Bruno, agora com a cabeça raspada, e óbvio, isso é muito importante para todos nós sabermos que o Bruno raspou a cabeça, poxa, como eu poderia dormir sossegado hoje se não soubesse de tal fato???

No momento estamos anestesiados de Bruno, mas podem esperar, daqui a pouco ele vai voltar como uma notícia, que vai se transformar em fofoca, que vai virar uma piada, que vai encher o saco e principalmente... Que vai vender HORRORES! *rs

21 comentários:

Paulo Tamburro disse...

OLÁ,

REALMENTE, NÃO AGUENTO MAIS ESTE CASO BRUNO E AS "MILHARES" DE PRISÕES QUE ESTE CASO ACARRETOU.

PARECE ATÉ A GUERRA DO IRAQUE.

MEU NEGÓCIO É HUMOR, PELO MENOS E ME ESFORÇO. (RS).

ENTENDA PORQUE A MULHER TEM QUE “BOTAR PRA MAMAR”.

O FUTURO SERÁ BEM MELHOR E A HARMONIA E A CERTEZA DO VELHO DITADO "É DANDO QUE RECEBEMOS", AQUI SE APLICA COMO NUNCA!

AGORA,VOCÊ SÓ ENTENDERÁ O TÍTULO DA CRÔNICA DE HUMOR DESTA SEMANA DO MEU BLOG : HUMOR EM TEXTO , REALMENTE , SE LER..

SÓ LHE GARANTO QUE É IMPRESCINDÍVEL, QUE MINHA SUGESTÃO, SEJA SEGUIDA.

ESTOU ESPERANDO PELA SUA VISITA E PRINCIPALMENTE, PELO SEU COMENTÁRIO QUE É O MAIS IMPORTANTE.

É UMA CRÔNICA DE HUMOR, SOBRE O MAIS IMPORTANTE DOS RELACIONAMNETOS HUMANOS, SEM PALAVRAS CHULAS OU PORNOGRAFIA.

SOMOS UMA IMENSA FAMILIA DE SEGUIDORES O QUE VOCÊ IRÁ COMPROVAR FACILMENTE.

UM ABRAÇÃO CARIOCA.

Carlos Rodrigo disse...

KKKKKKKKKKKKK ok ok! Obrigado Paulo! Abs!

Renan disse...

lendo o seu texto lembrei: a loira foi achada na casa do pai do macarrão. o pai do macarrão seria o que? macarronada?

Carlos Rodrigo disse...

Sim, sim! E todos são conhecidos como a "Família Carboidratos!
aushHSUhasuhUAHSuhasuhA

Grafite disse...

Adorei aqui!
criativas suas palavras...

estou seguindo =)
beiijo,
*.*

Ludmila Ferreira disse...

Oláa pessoaa.. fiquei bastante feliz com seu comentario apesar do meu blog estar um pouco abandonado...

Gostei bastante do seu blog tambem e como diz seu Manuel me encontrará sempre por aqui!

Um forte abraço...

beeeeijOdalua!

Renan disse...

Então o filho do macarrão é o miojo...kkkkkkk

Carlos Rodrigo disse...

Se o filho do Macarrão é o Miojo, e seu pai macarronada a sua mullher seria yakisoba?
Pra fazer seus filhos o macarrão usou o que... Pene?

pinkas disse...

Olá(:

Obrigada pelo comentário,ainda bem que gostas.
Vou ler o teu com mais atenção assim que possível.

A este post,que posso eu comentar?É um bom exemplo da sociedade actual,tudo o que devia ser futil é notícia,e consequentemente,vende horrores.As pessoas não querem informação,querem desinformação,pois isto as leva a separar de um mundo cada vez mais vazio.

ஐ¸.Lady .¸ஐ disse...

Olá!
A mídia adora fofocas, barraco e tudo o que traz audiência.
Ficam martelando sem parar no mesmo assunto até se resolver ou ser esquecido.Vide o caso Isabela.
Não passa outra coisa na tv, chega ser cansativo.
Seu blog é muito interessante.
Tenha um ótimo fim de semana.
Com carinho, Lady.

ONG ALERTA disse...

As vezes parace que os jornais precisam de assunto, paz.
Beijo Lisette

Lia Araújo disse...

Obrigada pela visitinha!
To passeando por aqui!
Com certeza voltarei

bjos
bom FDS

Ulisses Barreto disse...

po legal a crônica heim! parabéns, obrigado pela visita tb vou seguir você, abraço e continue escrevendo!

MEUS PENSAMENTOS disse...

verdade!!!td agora gira em torno disso! um bom fim de semana!

Orlando & Crônicas disse...

Olá!
Estou retribuindo sua visita e seu gentil comentário.
Quanto ao título de sua crônica - excelente, diga-se de passagem - poderia ser também, "QUANDO A FOFOCA SE TORNA NOTÍCIA".
Abraços,
Orlando.

LUFE disse...

Oi Carlos
Gostei do post.
O que eu achei de pior no caso Bruno, é o bagaço de "maria chuteira" que ele pegava.Se ainda fosse um melheraço....
Obrigado pela visita
Voltarei aqui sempre
abs

Meu Universo disse...

Olá, concordo em tudo que disse. Estou te seguindo também! Parabéns, gostei como escreve!!

Marília Marques disse...

Uêbaaa, Carlos;

que ótimo que esteja seguindo meu blog. O seu está ótimo, o layout bem atrativo. Estou seguindo o teu também.

[Para falar a verdade decidi seguí-lo não porque o fez no meu tbm, mas porque é um "Blog criativo" - com o perdão da piadinha - :p.]

Troquemos ideias. Vc é publicitário? Eu faço Jornalismo.
Abraçooo,

Marília.

iracema forte caingang disse...

Oi Lindo! Gostei da postagem muito bem pensado.
Tudo de bom.
Mil beijos

Rafael Castellar das Neves disse...

Tem toda razão...que nos joguem os pães, o circo já temos..

[]sss

Claudinha disse...

Esse texto é a pura verdade que país é este? Onde tragédias é o foco da sociedade. Cadê as coisas uteis e boas que ainda existe o bruno já era vamos ver outras noticias.