segunda-feira, 24 de maio de 2010

Boates - Um fator de equilíbrio Social.


Chega mais um sábado a noite e o Clã dos solteiros se prepara pra atacar (e o Grupinho dos casais puladores de cerca também).
Já diziam os poetas do Cidade Negra: “Todo mundo espera alguma coisa de um sábado a noite, bem no fundo todo mundo quer zuar”.
Enfim...
Primeiramente você escolhe sua armadura para guerrear madrugada a dentro em busca das melhores bocas, das melhores pegadas e até quem sabe não role um #SexoSemCompromisso qualquer?
Aí você começa a usar sua night como fator de agregação social e começa a ligar pros seus amigos (caso você não tenha feito isso antes né), ou simplesmente entra no MSN e já convida toda rapeize pra curtir a night contigo! Time completo, formado???
>Intromissão<
Nem sempre fazemos isso não é mesmo... Eu por exemplo já cheguei a sair algumas vezes sozinho pra Boates a noite, o bom é que apesar de ter saído sozinho, nas vezes que fiz isso, sempre terminei acompanhado! Sair sozinho e ficar sozinho direto na noite >> #DeveSerDepressivo! rs
>Voltando ao raciocínio anterior<
Time completo, formado???
Então PRONTO! Eu como outros milhares de solteiros convictos e felizes, vou para frente do espelho umas 10 e pouca da noite *A verdade é que se você é bonito, você vai ficar ainda mais, e se você é feio, tudo bem... Além de você dar uma disfarçada no que Deus não lhe concedeu, ambientes externos, atmosféricos e alcoólicos o ajudarão a ficar mais bunitinhu!!! Hehe*
Aí deu aquele horário bem na calada da noite, você pega suas armas e vai pra batalha!
Chegando ao ponto de reunião, quase sempre acontece o ponto baixo - A parte mais chata da noite. Você chega empolgado, pronto pra zuar, curtir, porém, cadê fulano? - Ah ele está vindo, acabou se atrasando um pouco. E cicrano, beltrano *Já reparou que esses nomes que inventamos para citar alguém do qual não temos o nome é ridículo?* Poxa, ele está no trânsito, mas olha, disse que em um minutinho estará aqui! Todo mundo está mais do que careca de saber que quando dizem “em um minutinho” você pode multiplicar toda sua insatisfação por 5, e assim ter o resultado de tempo em que o FDP em questão irá chegar.
Aí depois de todo esse drama, finalmente estão todos a postos! Daí quase sempre nos deparamos com a segunda parte mais chata, que é a das filas para entrar. *Já reparou que nas filas das Boates ninguém olha pra ninguém? As garotas fingem que são comportadas, os homens fingem que não vão dar em cima delas, e cria-se um ambiente quase que hostil, típico clube da Luluzinha e do Bolinha.*
Scrapúft, Póft, Pófit, Scrapúfit (Isso seria barulho de fogos de artifício) ¬¬”
Finalmente entramos na Boate! rs
Chegando lá dentro, 99% das pessoas vão direto ao banheiro, desses 99% que vão ao banheiro, 9% precisam mesmo ir ao banheiro, o restante vai só pra se olhar no espelho mesmo. *Porra, será que ao entrar numa boate somos atingidos por um furacão psicológico que passa e nos desarruma por completo, o qual vemos a total necessidade de termos que ir ao banheiro para nos ajeitarmos? Ou será que achamos que dentro da Boate acontecerá algum tipo de milagre e tudo que fizermos no banheiro acarretará em nossa anatomia externa de forma a ficarmos substancialmente mais bonitos e incrivelmente mais atraentes, sexys e pegáveis?*
Saindo do banheiro você já está pronto para iniciar os procedimentos Alcoólicos da noite!
Aí vem outro dilema: Tomara, peça a Deus realmente para que você não tenha ido para uma boate o qual a bebida seja liberada, pois se for... Lá do meio da pista, mesmo com escuro e fumaça, você poderá avistar uma enorme fila, igual aquelas de emprego, de jogo entre Flamengo e Vasco ou compra de bilhetes pra Domingo de Carnaval, de pessoas sedentas de seus direitos, querendo sua bebidinha grátis, afinal...
- Poxa parceiro, você paga mais, mas a bebida é de graça!
Como se isso fosse atenuar a fila e o estresse que você terá toda a noite pra tomar suas biritinhas.
Com sua birita na mão, você começa a analisar o local... Atordoado pelas suaves e singelas batidas das enormes e sonoras caixas de som, no qual os decibéis entram pelo seu tímpano e chegam lá mesmo onde você pensou! rs, e as doses de álcool que você vai consumindo, vão ajudando na averiguação, e vão motivando você a dançar, e lógico né... Chegar em alguma mulher.
No início da noite eu acho extremamente arriscado gastar meus cartuchos chegando em mulheres, *Já reparou que no início da noite, por mais que a mulher te queira, elas costumam dar toco em todo mundo? Parece que elas pensam: poxa ta no início da noite, ele até que é pegável, mas é melhor esperar né, vai que aparece alguém melhor...* Daí eu fico só observando os caras tomando toco! As vezes é engraçado sabe, vejo a mulher cheia de vontade, o cara avança e ela empurra, esnoba e esnoba, aí uns 15 minutos depois, se ela vê esses mesmo cara agarrado com outra - NOSSA! - fica com uma cara pior que uma ovelha podada! É como aquele dito popular: Mulher pensa que homem é latinha de estimação, ela usa amassa chuta e joga fora, mas se outra vir catar ela fica PUTA! Hehehe
Daí vou agitando, dançando e bebendo, conversando com meus amigos, assuntos que em qualquer outro lugar seriam totalmente idiotas e tediosos, mas dentro da Boate são inteiramente engraçados dotados de toda importância e interesse que um assunto pode ter!
E a noite vai entrando madrugada a dentro, e eis que começam a sair os primeiros brilhos nos olhares desses animais festeiros e boêmios, e não menos tarde do que nunca, é chegada a hora de guerrear!
Como é de praxe, sempre dá-se aquele “rolé do mal” no qual são verificadas todas as presas, vítimas e dígitos da noite... Após minuciosa pesquisa e estudo, chegamos às vítimas da noite.

Podemos elencar alguns tipos de caras que aparecem na noite:

Os Tímidos:
Como o próprio nome já diz, são aqueles caras que se forem altos e estiverem de terno, é capaz de serem confundidos com seguranças da Casa, pois ficam na deles a noite toda. Pouco dançam, e só chegam em mulher quando estão realmente MUITO necessitados!

Os prevenidos:
Eu me encaixo nesse “nicho social noturno”. costumam chegar em alguém apenas quando vêem que a mesma lhe dá condições, caso contrário continuam na deles bebendo e dançando... Apesar de serem prevenidos, isso não quer dizer que sejam tímidos.

Extrovertidos:
Tome muito cuidado ao dizer que é extrovertido na noite. Normalmente pessoas extrovertidas são as que falam com todo mundo, não tem vergonha de si mesmas, e gostam de trazer toda atenção pra elas, porém para ser considerado um “extrovertido” na noite, você tem que maximizar isso umas dez vezes!
Os Extrovertidos das boates, são aqueles caras que passam do limite da inconveniência, e chegam em todas, eu disse todas as mulheres. Na grande maioria das vezes, não reconhecem a palavra não, nunca, sai, Vai tomar no cú, seu escroto, FDP, etc etc...
Eles gostam de ganhar as mulheres no humor, no cansaço, ou até na força! Para esse tipo de concorrência, vale tudo!

Puxadores de cabelo:
Existe um “nicho social noturno” que poderia dizer que rivalizam com os extrovertidos, as vezes conseguem ser até pior que eles... Esses são os Puxadores de cabelo!
Porra, eu fico pensando... Será que esses caras tem fetiche por cabelo? Será que o pai deles é cabeleireiro? Será que eles sonham em um dia trabalhar em um salão? Em fazer perucas? Ou talvez experiências genéticas com DNA alheio?
Pois é... Esses caras vão para as boates somente para puxar os cabelos das mulheres, fico pensando quando eles vão pra boates que tocam funk ou pagode, no qual em suma as mulheres costumam passar aqueles creminhos que deixam seus cabelinhos molhados por toda a noite... Esses puxadores de cabelos devem chegar em casa com as mãos recheadas de creme, não é mesmo?

Existem ainda muitos outros “nichos sociais noturnos” que poderia citar, porém acho que daria quase uma bíblia, então paremos por aqui, não sem antes citar uns 3 nichos referentes as mulheres né... rs

Puritanas:
Em toda Boate sempre tem aquelas ninas que são metidinhas a purinhas, bobinhas, virgens dos Jardins do Éden. O fato é que basta observá-las. Elas ficam na delas, com bracinhos esticados pra baixo, com uma mão sobre a outra, na maioria das vezes são bonitinhas, e ficam dando não, e dizendo que tem namorado ou que não querem ficar com ninguém aquela noite, porém isso é até beijarem a primeira boca... Quando isso acontece é um Deus nos acuda! Basta você olhar ao redor, a nina que estiver se pegando com alguém em vários amassos desesperados, daqueles que só de olharmos nos passa a sensação que após aquilo o mundo irá acabar, enfim... Pode apostar... Essa nona é uma “Puritana”.

Periguetes:
Posso dizer que esse nicho social noturno de forma geral é que faz a alegria dos homens. Além das explicações óbvias que as fariam merecer esse título, as periguetes também realizam quase que um trabalho social nas nights... Ao final elas sempre livram aqueles que não pegaram ninguém a noite toda a saírem do zero a zero. Além do fato de fazerem algumas caridades e ficarem com os caras mais feios também, afinal: pra periguete, não tem tempo ruim!

Meninas de porcelana:
As meninas de porcelana são aquelas que você não pode puxar o cabelo, (digo, mesmo que você esteja ficando com ela), pois ela irá reclamar que você está bagunçando o cabelo dela. Você não pode abraçá-las um pouco mais forte, pois elas irão reclamar que estão ficando sem ar, ou que você vai quebrá-las no meio. Você não pode em circunstância alguma levá-las para o paredão, pois dirão que não podem, etc etc... Ou seja; se você é homem, mulher, não importa... Se você gosta de mulher e ficar com uma dessas na noite, o melhor é mandar ela tomar no cu e ir beber um Martini!

Elencados alguns Nichos Noturnos, voltemos ao raciocínio anterior!

Ela está a uns 5 metros de você, você a olha e se sente o Palhaço Bozo... É... Isso mesmo... Ela olha pra você e não pára de rir... Passa as mãos no cabelo, faz caras e bocas, parece que todos seus movimentos são calculados para que possam chamar ainda mais sua atenção.
Você a encara nos olhos, vê uma resposta nítida em seu olhar, e pronto... É hora do combate corpo a corpo. Ao chegar e trocar meros cumprimentos, 90% das vezes já é possível saber a qual “nicho noturno” ela pertence. *Eu fico bolado com as “CuDoceiras” que não foram citadas acima. Essas querem ficar contigo, te dão mole, você sabe que vai pegar, e mesmo assim elas ficam te enrolando, enrolando e enrolando... Se nessa noite você estiver afim de fazer dígitos, desista... Só com uma “CuDoceira” você irá com certeza perder umas 2 horas de seu precioso tempo!
Enfim... Após uma noite com muita música alta, bebidas e paqueras... Chega ao fim mais uma noite de sábado!

De forma geral eu acredito realmente nas boates como fator primordial na agregação e convívio social, d’onde os feios tem vez, os burros (se tiverem um corpinho bonito) se tornam gênios da Matemática, as piranhas são legais e populares, os bêbados são maioria, e a hipocrisia e tristeza quase não existem!
Pelo menos por algumas horas, todos são interessantes, felizes, quase cegos e ligeiramente surdos!!!

E viva as Boates em todo mundo!!! \o/

25 comentários:

Paloma disse...

Adoreii o texto, seu relato sobre a night em uma boate! Super sincero..
eu não me encaixo em nenhum desses nichos aí não, rsrs.

Anônimo disse...

Rodrigoooooooooooo, amei o texto. Criativo de plantao vc, muito legal, parabens!!

Camila disse...

Querido vc arrasou em seu relato, muito boas suas ideias, nao podia deixar de comentar, continue sempre assim intelingentissimo.

Anônimo disse...

Adoreiiiiiiiii o texto mto tdo haver com as noites cariocas vc ta de parabensssssss sucesso bju grande!!!

Gi disse...

Adoreiiiiiiiii o texto mto tdo haver com as noites cariocas vc ta de parabensssssss sucesso bju grande!!!

marcelinho disse...

Po cara tu teve a manha parabens sucessoo

Nay Ohana disse...

Carlão, arrazou! Como sempre, né. Você sabe o quanto eu me amarro nesses seus textos. Ameeeeei esse sobre balada, caralho você falou tudo! rs

tamo junto s2

natalia.rodrigues_jpa disse...

Adoreiiii ,mt interessante Parabéns !

RAYSSA disse...

MT MASSA , PRINCIPALMENTE A PARTE DA ENTRADA DAS BOATES , KKKK

Jennifer disse...

Rodrigooo! Ameeii! Super criativo mesmo! :)

Déo Gadelha disse...

Adorei, vou divulgar hehehehe e acompanhar, dá uma moral ao meu também heim... Bjs

Anônimo disse...

Texto muito bom cara!
infelizmente não me encaixo em nenhum "nicho social" citado, o meu é o que faz "CARÃO" nas boates... kkkk parabéns e sucesso.

Gabriel disse...

Camacho!
eu me encaixo perfeitamente no "nicho" puxadores de cabelos: não só puxo, como tb dou porrada nessas "raxas malditas" . kkkkkkkk
parabéns!

Tainá Silva disse...

Verdade nua e crua! UAHSAUHSUAHSUHAUSHA Apesar de não ter conseguido ler algumas coisas do texto, devido ao pequeno probleminha que eu já te disse, achei bemc sincero ;-; gostei, gostei...

Renan disse...

Fala Carlos. Eu acho que a boate é fator de (des)equilíbrio social..ahahah, mas enfim, ficou bem legal o texto, continue assim...me segue lá também, abraço

isaura loukissima disse...

Adoreeiiii, muuito criativo o texto, só acho que eu tb nãoi me encaixei nesses'nichos' acho que tinha que ter o 'nichos ' de meninas cachaceiras, aquelas que acham os feios verdadeiros deuses gregos .. também estão bebadas, acham graça de tudo e ainda por cima são contadoras de historias....kkk haa acho que nesse eu me encaixaria... beeijos!

Thammi disse...

ahuahauhauahuahauhaa... No coments, neah? =x

Bruno , idiota master³ disse...

É um estudo muito sábio, eu diria que quase não tem erros, apesar de algumas gírias pops me irritarem, eu entendo o fato de você usar

zylmeire disse...

Carlos, adorei o texto e posso te dizer que voce descreveu muito bem os tipos que encontramos não só em uma boate, mas em baladas no geral. Não consigo me visualizar em nenhum dos tipos descritos, até porque não tenho ido muito em boates e ja estou velhinha para fazer tipo na night, rs. Parabéns, percebe-se que você é bem observador, mas voce se encaixa em algum dos tipos descritos?

angel red disse...

Maninho,
Adorei o texto. Arrasou. Já sou seguidora.
Te amo.

Bjoks

Carlos Rodrigo disse...

Obrigado a todos pelos comentáriossss!!! ^^

Claudinha disse...

Ameiiiiiiiiiii esse texto.
ótima observação se continuar assim vai escrever um livro.
Obs: Quero o meu livro de graça e autografado.
Bjs quero ler mais.

Anônimo disse...

Arrasou... Adorei!
bjs

"crônicas de um sonhador" disse...

Cara realmente vc se superou, disse exatamente todos os fatores principais que rolam nas nights cariocas!!
Ao ler esse texto, consegui me lembrar de momentos memoráveis da época em que nós zuavamos pelas ruas do centro do Rio e mediações!!
Cara deu até vontade de relembrar os velhos tempos!!

te sugiro que crie um vlog imediatamente, pois isso feito no video ficaria ainda melhor!!

vc tem talento cara, se precisar de ajuda, estamos ai!!!

"crônicas de um sonhador" disse...

Cara realmente vc se superou, disse exatamente todos os fatores principais que rolam nas nights cariocas!!
Ao ler esse texto, consegui me lembrar de momentos memoráveis da época em que nós zuavamos pelas ruas do centro do Rio e mediações!!
Cara deu até vontade de relembrar os velhos tempos!!

te sugiro que crie um vlog imediatamente, pois isso feito no video ficaria ainda melhor!!

vc tem talento cara, se precisar de ajuda, estamos ai!!!