sábado, 26 de fevereiro de 2011

O amor tem validade SIM!

É certo que independente de qual pessoa sejamos, todos nós vivemos buscando a “tal felicidade” - o que muda nessa história é o que é ser feliz, pois cada pessoa tem para si um modelo semi pronto de felicidade... Na grande maioria das vezes o amor está diretamente ligado a esse modelo, faz-se sempre um link direto entre “estar amando e estar feliz”, mas será realmente que isso tem fundamento???

Existem vários tipos de amor... Mas não sejamos idiotas, é óbvio que eu não to falando do amor de mãe, da família, dos amigos ou até pelos animais #Enfim você já entendeu né...

Quem já amou alguém pelo menos uma vez na vida sabe das delícias de ir além da paixão, de ouvir o nome da pessoa amada e suspirar, de sentir-se sufocado só de lembrar, do querer estar perto, de sentir saudades segundos após despedir-se, de amar as qualidades e até os defeitos, enfim... O amor conjugal é algo que não existe explicação, vários pensadores durante a história da humanidade tentaram explicar o que é o amor #Mas se fuderam... Realmente é um sentimento único, mas na minha visão, não é o melhor sentimento que existe” > (Isso será tema de uma OUTRA postagem).

Para tentar elucidar esse tema tão difícil, pedirei auxílio há alguns desses pensadores...

“Deus, para a felicidade do homem, inventou a fé e o amor. O Diabo, invejoso, fez o homem confundir fé com religião e amor com casamento“.
Machado de Assis

Pois é, o que machado quis dizer quando citou a palavra “casamento” #Lembrando que isso é uma opinião minha, uma visão minha e você pode não concordar, WHATEVER...
O que Machado quis dizer foi... O amor em 99% das vezes NÃO DURA para sempre. O que as pessoas teimam em não aceitar é que as coisas tem prazo de validade. Você pode sim amar intensamente uma pessoa, amar de querê-la pra sempre, de não parar de pensar nela, de não conseguir mensurar a importância que ela tem pra você, sobre o que essa pessoa significa na sua vida, porém é passageiro, com o tempo esse sentimento pode sim acabar, e é aí que está o erro... A simbologia do casamento nessa alusão se faz no ato do “para sempre”. Assim como a música de Renato Russo - Por enquanto - “O pra sempre sempre acaba“. Ao término de um relacionamento não se pode dizer que não deu certo, se você ficou por exemplo um, dois, cinco, dez anos com uma pessoa, é óbvio que deu certo, o que aconteceu foi que o sentimento expirou seu prazo de validade, mas deu certo pelos anos que durou.

Eu conheço muitas pessoas que depositam no amor sua maior parcela de felicidade, e além disso vivem intensamente a relação depositando todos os alicerces vivenciais (família, lazer, trabalho, etc) em sua relação, doam-se de corpo e alma, e esperam reciprocidade total, essas pessoas não pensam que essas relações, assim como a vida, possuem início, meio e fim.

Há também o fato relativo ao tempo, ao momento em que essas pessoas surgem em nossas vidas... Pitágoras dizia o seguinte: “Purifica o teu coração antes de permitires que o amor entre nele, pois até o mel mais doce azeda num recipiente sujo“. - Pois é, muitas vezes as pessoas não estão preparadas para o amor, ou então, não tem a paciência necessária para levar suas relações há um nível mais elevado em relação ao tempo - o que dura perdura, mas nem sempre se estabelece.

Aquilo que se faz por amor está sempre além do bem e do mal.
Friedrich Nietzsche

Nietzsche como sempre polêmico e controverso, fora muito feliz ao relacionar o amor com a falta de limites, em sintetizar o que as pessoas fazem para se ter o tão sonhado, cobiçado e lendário - AMOR ETERNO.
Acho que além disso, Nietzsche deu uma pequena alfinetada naqueles que tinham como paradigma principal de suas vidas o amor, ao passo que defende o sentimento como > Não tendo amarras, e não podendo ser julgado de forma nenhuma, daí o “acima do bem e do mal“.

Não podemos depositar nossa felicidade em outra pessoa, afinal nascemos sozinhos e morreremos sozinhos, o que de certa forma nos apresenta um paralelo com o que já escrevi anteriormente, “assim como a vida, o amor possui início, meio e fim”.
Porém o fato de morrermos nos priva do amor pois não estamos mais na terra, sendo que o fato de continuarmos vivos com a morte de um relacionamento não nos tira a possibilidade de amar de novo.

É mais ou menos essa a visão lítica do amor que eu tenho para mim, apesar da minha pouca idade, eu já amei muito alguém, já passei por todos os principais estágios que esse sentimento pode nos apresentar, e posso dizer sem sombra de dúvidas que os sentimentos podem sim ter prazo de validade, e que em relação ao amor conjugal, isso se torna muito mais latente.

Para fechar meu texto com chave de ouro, citarei na minha opinião, o cara mais fodalhão em todos os tempos se tratando desse assunto, e que de certa forma, nessa simples frase, conseguiu reunir tudo que escrevi até agora, e explicar porque realmente o amor tem prazo de validade...

O amor é como a criança: deseja tudo o que vê.
William Shakespeare

31 comentários:

Mila Cunha disse...

Muito bom o post. O amor é o resumo de todas as coisas! Tudo suporta, Tudo cre, Tudo espera. O bom mesmo seria se o amor viesse sem o prazo de validade. =/

Carlos Rodrigo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Rodrigo disse...

Talvez, de outra forma, o amor conjugal sem prazo de validade nos impediria de amar outras pessoas.

Mila Cunha disse...

Sabe qndo vc encontra uma uma pessoa que vc diz : Essa sim ! Que te faz se sentir a melhor pessoa do mundo. Que te faz perder a fome, que te faz bem, que te faz feliz. Alguem que te complete de tal forma que jamais consiga enxergar o que acontece ao seu redor. Pois é, qndo isso acontece, jamais queremos que acabe. E muito menos amar outra pessoa. Nao deveriamos ter prazo de validade. Por que tudo que é bom dura pouco? =/

Carlos Rodrigo disse...

Eu sinceramente tenho outros prazeres tão intensos qt esse q vc citou. Sinceramente axo q seria tudo muito monótono se as pessoas se apaixonassem cedo e passasem o resto de suas vidas com essa pessoa. Ñ concorda???

Mila Cunha disse...

Sim, mas existem momentos na vida que perdemos grandes oportunidades de estar com quem amamos, por estar sempre buscando algo que nem sempre nos completa. E qndo olhamos para traz, percebemos que nada valeu a pena. =/

Laryssa Campagnuci disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Danielli disse...

Puts, nem sei bem como comentar, pq não concordo muito com quase tudo... pela primeira vez descordei de vc Rodrigo. Até concordo q existe um prazo de validade, mas se começarmos um relacionamento pensando assim, não seria necessário nem começar... Quando eu amo, penso simmmmm q vai durar pra minha vida toda, mesmo q não dure. Já amei tbm e não concordo q o amor morra, ele apenas fica adormecido, o q não os impede de amarmos outras pessoas, mas aquela a quem amamos antes, sempre nos dá uma balançada quando a vemos, afinal de contas ela fez parte de nossa vida e foi bem significativa. Mas ainda acredito em amor eterno, mesmo q eu ame hoje e morra amanhã.kkkkkkkkkk Nossa quase escrevi um post tbm. rsrsrsrs

Carlos Rodrigo disse...

Mila: Vc não acha que devemos ser completos e não procurar alguém para nos completar???

Carlos Rodrigo disse...

É Dani, mas esse seu pensamento é que fez esses pensadores que citei dedicarem boa parte de suas vidas a entenderem isso... rs

Mila Cunha disse...

Todo mundo precisa de alguem. Amar é se sentir feliz, é se sentir bem ao lado de alguem que nos complete. Acho que respondi sua pergunta. =)

Carlos Rodrigo disse...

Não. Como eu disse, as pessoas pecam em relacionar "estarem amando com estarem felizes". O relacionamento conjugal é muito bom, mas não pode ser essencial. Não axo q mulher nenhuma me completa, apenas soma. Eu sou completo sozinho, e vc tbm devia pensar assim! rs

Renan disse...

Esse negócio de um completar o outro é uma visão romântica, porém nada eficaz. Eu particularmente não me vejo como tampa da panela e nem metade da laranja de ninguém. Eu sou inteiro e desejo me juntar com um outro inteiro, por quanto tempo dure.

Igor Abreu disse...

Desculpa ai meu amigão mas não concordo contigo. Não concordo com isso de que a pessoa é auto suficiente, ou seja, não precisa de outra pessoa pra ser Feliz.
Claro que cada pessoa é de um jeito, e opta por viver como acha melhor. Mas pra mim felicidade passa sim em ter uma família feliz, com filhos, mulher e tal.
Existem duas coisas amor e tesão, o amor qnd é de verdade nao acaba, como o amor de mae, pai, filho, amigos. O tesão é claro que vai caindo com o Tempo, isso em qq relacao, mas basta ter o amor que se encontra um jeito de nao perder o tesao.
Por ex. as pessoas casam e descuidam de si, ficam gordas, relaxam msm, ai não há amor que segure o tesão.
Enfim, com cerveja essa discussao fica mais interessante rsrs.
Abracos!!!

Cláudia disse...

Bom gostei muito do que vc escreveu e me fez lembrar de um grande texto do "Arnaldo Jabour - Relacionamentos" e na minha opinião os relacionamentos atuais ñ tem tanto alicerce como os de antigamente e acaba tendo prazo de validade sim, mas devemos acreditar q seja eterno enquanto dure.
Uma pequena frase do seu texto me fez refletir bastante: "o que dura perdura, mas nem sempre se estabelece". Mas graças a Deus amor de amigo não tem prazo de validade, assim como minha amizade por vc...
Altas declaraçoes rsrs...

Bjs Camacho.

Carlos Rodrigo disse...

Pow Igão, qd nos vermos na Lapinha vamos discutir sobre isso sim... Conversar contigo é sempre um grande prazer meu Brother!

Carlos Rodrigo disse...

Ownnn Vlw Claudinha! E essa frase q vc citou foi EU mesmo quem escreveu! ;)
Bjxxxxxxxxxx

Patricia Poças da Cunha disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Patricia Poças da Cunha disse...

Concordei completamente.... mas não ao pé da letra, acho q tive minhas interpretações pessoais sobre o que vc escreveu.... Eu realmente acredito q aqle sentimento que sentimos quando nos apaixonamos(coração disparado, pernas bambas quando encontramos a pessoa), passa.... imagina só tbm, todo dia de manhã acordar, olhar pro marido e o coração bater forte como se fosse a a primeira vez.. teríamos um infarto precocemente.. uahauahauhau mas realmente... isso tem prazo de validade.... a paixão inicial vai virando amor, q é mais calmo e sereno...e verdadeiro... mas acredito q ele nem sempre acabe... ele muda... mas não acaba... tem gente q morre amando a mesma pessoa... eu já vi isso... e vou mais além... há várias formas de aMAR. e o amor não é imutável..."que não seja imortal, posto que é chama, mas que seja infinito enquanto dure", acredito que quando encontramos a pessoa q amamos, devemos alimentar diariamente aquele amor...isso não é impossível!Mas é bem difícil... mas por mais q seja uma arte perigosa, amar sempre vale a pena... não sentir nada por ningm é muito ruim... não ter em qm pensar e sentir saudades... tenho saudades... de sentir saudades...rssss coração gelado é a pior coisa do mundo... devemos deixar o coração se aqcer com o calorzinho acolhedor desse sentimento avassalador... o amor =D

Carlos Rodrigo disse...

HSAUhushuHASUHuhashuHAUSHuahs
MTO Romântica ela...
Adorei Paty!

Patricia Poças da Cunha disse...

esse tema faz parte do ar que eu respiro.... uahauhauahauahauhau
eu tinha q escrever novela mexicana....uhauahuahauah

Carlos Rodrigo disse...

HAHAHAHA Isso é #Fato!

Patricia Poças da Cunha disse...

ah... esqueci de comentar!como postei tbm em meu blog, precisamos realmente encontrar alguém para nos complementar... e não completar! ñ qro metade de uma laranja... qro a laranja inteira! uahauahauha quero uma pessoa inteira e não a metade dela... com duas laranjas temos mais possibilidades do q uma né... e como postei tbm, devemos sim antes de se entregar a alguém, nos conhecer por inteiro... olhar pra dentro de si... pra complementar a vida de alguem, precisamoos nos completar primeiro! Nos completarmos de nós mesmos! viagei..rsss firmamentos...rsssss

Jesse Kent disse...

Não acho q o amor tenha prazo de validade, sim a paixão, as pessoas confundem esses 2 sentimentos, por isso há fracasso nos casamentos!!! Você não ama uma pessoa q conhece a 3 meses, vc se apaixona, muito menos a 3 segundos, amor é algo eterno, o q acaba á a paixão, vc pode sim ser apaixonado por uma pessoa por um longo período de tempo, mas se não tiver amor, ele acaba!!! Vc não daraia a própria vida por uma pessoa q conheceu a 5 min, + daria por aquela q vai ficar na sua vida pra sempre!!!

Carlos Rodrigo disse...

Amor eterno é de "pais para seus filhos"

=)

Débora disse...

Ahhh, mto mto mto bom o post.
Concordo cm vc, devemos está mais preocupados cm nós msmo, cm nosso bem estar em ser feliz sem depender de ninguém.Pq mtas vezes depositamos mta expectativa em pessoas q ñ são capazes de corresponder e mtas vezes nem julgo o lada oposto, mas sim nós msmo por acreditar em um amor infinito.
Por tanto: O amor tem prazo de validade sim!!!

Bjãooo
seu pra frenteeee!!!

Carlos Rodrigo disse...

HAHA Vlw Pá Virada!

tathyane Garcia disse...

Caramba...rsrs
Tu é phoda heimm...rs


bjinhosss

Carlos Rodrigo disse...

Sou não pow... Sou phodinha!!! hehehe

Danielli disse...

Poxa discordei de vc, mas to mudando de idéia, to começando a concordar q o amor tem prazo de validade sim sabia. E hoje em dia isso tem acontecido com bastante frequência entre vários casais, de diferentes idades.

patricia mello disse...

Carlos, amor que é amor de verdade se renova. Vou explicar baseando no que vc escreveu. Amor tem prazo de validade, sim tem. Assim como a morte chegará para todos e estaremos em uma outra etapa de vida, porque assim como a vida o amor verdadeiro nos acompanha sempre. Essa vontade de sugar tudo de bom que o amor nos proporcionar se chama paixão. Paixão não é amor e a prova disso é que o amor deixa vc liberto enquanto a paixão te tira de tudo e de todos, hobbies, amigos, familiares e tudo mais.
Na vida para tudo existe um periodo que vc chama de começo, meio e fim. O amor tb. Nós mudamos a cada uma decada. Vc é muio jovem ainda para perceber isso, mas quando chegar aos 43 como eu perceberá isso. Quando vc casa com uma mulher aos 25 anos anos, ela tera outra cabeça aos 35 , e outra aos 45 e vc tb. O amor de verdade supera essas crises e se renova. Tudo dependerá de sua maturidade e de sua companheira de permitir que encerrar ciclos dentro dos proprios ciclos é importante para a manutenção do relacionamento.Fica c Deus.